terça-feira, janeiro 05, 2016

Série Iniciante: Miçangas "Seed Beads" (Parte 1)

Feliz ano novo pessoal!!! Me perdoem pelo atraso, mas as comemorações de final de ano com a família me mantiveram afastada do blog. :)

Bem, para ajudar quem está começando a se aventurar no mundo da confecção de bijuterias com miçangas, resolvi escrever um artigo onde explico um pouco mais sobre os principais tipos de miçangas e seus fabricantes. O artigo acabou ficando bem grande, então vou dividi-lo em alguns posts para tornar a leitura mais confortável.

E se você quer aprender mais sobre outros tipos de materiais que utilizamos na confecção de bijuterias, veja estes outros artigos.

---------------------------------------------------------------------------------------------------

Bom, o que caracteriza uma miçanga é o fato dela possuir um furo por onde você pode passar uma linha ou um arame. Sendo assim ela pode possuir qualquer formato e qualquer tamanho. As miçangas também podem ser feitas de qualquer material: madeira, papel, plástico, pedras preciosas... mas o material mais comum é o vidro.

As miçangas são fabricadas em muitos lugares ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Se vocês pesquisarem por miçangas africanas por exemplo, irão ver que a variedade de cores e formatos que eles criam é incrível. Eu peguei algumas imagens no google só para vocês terem uma idéia:


Crédito: earthcandyarts

Crédito: Africa Facts

Crédito: bodaciousbeadschicago.com

Crédito: aliexpress.com

Mas hoje em dia os países que mais se destacam na produção de miçangas são: o Japão com as três maiores fabricantes do mercado: Matsuno, Miyuki e Toho; a República Checa - com empresas como a Preciosa (antiga Jablonex), CzechMates e muitas outras; a Áustria - onde fica a Swarovski; e a China.

Antes de explicar melhor sobre cada tipo de miçanga e seus fabricantes, é importante que vocês se familiarizem com dois termos em inglês:

Beads: significa miçangas (de qualquer tamanho ou formato). 



Seed beads: são as miçangas bem pequenas (podem ter qualquer formato). Seed em inglês significa semente. Vejam os exemplos na foto abaixo (clique para ampliar):


Crédito: fusionbeads.com


Tipos de Seed Beads

Seed beads redondas:

O tipo mais comum de miçanguinha (seed beads) é a redonda. Em inglês elas são chamadas de "round seed beads" ou "rocaille beads". O formato delas varia um pouco para cada fabricante. Por exemplo, as seed beads redondas produzidas na República Checa (em inglês elas são conhecidas como "Czech seed beads") são um pouco mais achatadas, lembrando uma rosquinha. Já as miçangas japonesas tendem a ter um formato mais cilíndrico. Assim, devido a essas diferenças no formato, nem sempre você poderá utilizar miçangas de fabricantes diferentes em um mesmo projeto.

Na imagem abaixo que encontrei no site de Linda Kandy, vocês podem ver um pouco a diferença no formato da miçanga de cada fabricante. Elas são todas do mesmo tamanho e foram utilizadas em uma pequena peça em peyote. Outra coisa que vocês podem observar também é que as miçangas japonesas da marca Toho e Miyuki sãs as mais uniformes. É por isso que elas são mais caras que as demais.


Crédito: lindaklandy.com 

A foto abaixo é um print screen que tirei de um vídeo no Youtube. Nela vocês podem ver melhor a diferença no formato das seed beads redondas de fabricantes diferentes. Na imagem, a agulha superior possui seed beads japonesas nos tamanhos 11/0, 8/0 e 6/0 (da menor para a maior). Veja como elas possuem um formato mais cilíndrico. Na agulha de baixo estão seed beads da República Checa nos tamanhos 15/0, 11/0, 8/0 e 6/0 (da menor para a maior). É por conta dessas diferenças que nem sempre você pode misturar miçangas de fabricantes diferentes em um mesmo projeto.

Crédito: junemoonbeads's youtube channel

E outra diferença importante que não deu para ver nas fotos é que os furos das miçangas checas são menores do que os das miçangas japonesas.

Mais fotos para vocês verem melhor o formato das seed beads redondas.

Da marca Toho:


Crédito: auracrystals.com

Miyuki:


Crédito: auracrystals.com

Miçangas checas:


Crédito: auracrystals.com

Tamanho

O tamanho das seed beads é definido por um número. Os mais comuns são: 15/0, 13/0, 11/0, 10/0, 8/0, 7/0, 6/0, 3/0. Essa é a nomenclatura mais usada para identificar os tamanhos: o número com uma barrinha e zero no final. Eu não sei explicar porque é escrito desta forma, mas é o padrão utilizado por quase todas os fabricantes e lojas internacionais. Mas eu já vi algumas pessoas escrevendo da forma a seguir em livros e revistas: 15°, 13°, 11°, 10°, 8°… Basta colocar o número e o símbolo de grau do lado.

A forma mais fácil de entender essa classificação do tamanho das seed beads é pensar que quanto maior o número, menor é o tamanho da miçanga. Isso porque a numeração é especificada pela quantidade de miçangas que cabem alinhadas uma ao lado da outra no comprimento de 1 polegada (= 2.54 cm).

*Polegada é uma medida de comprimento do sistema métrico imperial (adotado em países como a Inglaterra e Estados Unidos). 1 polegada = 2.54cm.

Sendo assim, a seed bead tamanho 11/0 é identificada desta forma porque no comprimento de 1 polegada cabem 11 miçangas deste tamanho alinhadas uma ao lado da outra. Já as de tamanho 6/0 cabem apenas 6 miçangas alinhadas uma ao lado da outra. Dessa forma você consegue entender porque quanto menor o número, maior é o tamanho da miçanga e vice-versa. Vejam a imagem abaixo mostrando seed beads de três tamanhos diferentes no comprimento de 1 polegada:

Crédito: firemountaingems.com

Um detalhe importante a ser lembrado é que quanto menor for a miçanga, menor também será o furo dela. Por isso que existem agulhas e linhas de espessura variados como já falei neste outro artigo.

Existem também miçangas redondas com furos quadrados. Elas estão disponíveis em cores transparentes e o furo é pintado de prateado (é um acabamento conhecido como "silver-lined" em inglês). O furo quadrado cria um efeito bem interessante na miçanga. Em inglês elas são conhecidas como "square hole seed beads". A única marca que já encontrei vendendo essas miçangas é a Matsuno com a linha Dynamites.

Vejam essas pulseiras que fiz a um tempo atrás utilizando essas seed beads redondas de furo quadrado:


E nessas fotos vocês podem ver melhor o furo quadrado:


Crédito: firemountaingems.com

As miçangas redondas japonesas são vendidas em tubos ou pacotes de 5 a 30 gramas (ou mais). Varia muito de loja para loja. Já as miçangas Checas são normalmente vendidas em fios de linha chamadas hank, como essas na loja beadaholique. Um hank normalmente vem com 12 fios cheios de miçangas atados juntos (e pesam aproximadamente 35 gramas). Algumas lojas vendem a metade de um hank (1/2 hank). Mas está ficando mais comum as lojas venderem as miçangas checas em gramas também.

Miçangas japonesas vendidas em tubos de 28 gramas:

Crédito: beadsbyblanche.com

Miçangas checas vendidas em hanks:

Crédito: beads and blooms

Miçangas checas vendidas em gramas (em saquinhos zip-lock):


Custo

O preço das seed beads varia bastante de acordo com o fabricante, a cor e o acabamento. As miçangas japonesas e checas são as que possuem melhor qualidade. Os tamanhos são mais uniformes e as cores são consistentes. Agora é importante entender que quando falo que a cor é consistente, eu me refiro a cor das miçangas de um mesmo lote. Porque, infelizmente, a cor pode variar um pouco de um lote para outro (ser um pouco mais clara ou mais escura, por exemplo) - e isso acontece com todos fabricantes. É por isso que eu sempre aconselho a comprar uma quantidade de miçangas um pouco mais que o suficiente para um projeto que você tem em mente. Eu particularmente compro no mínimo 16 gramas de uma determinada cor.


Miçangas Chinesas

Logo quando eu comecei a aprender a fazer bijuterias com miçangas, eu comprei algumas miçangas chinesas porque elas eram muito baratas (me lembro de comprar pacotes de 40 gramas a 1 dólar). A disponibilidade de cores das seed beads chinesas não é vasta como as japonesas ou checas. E elas são mais irregulares, variam de tamanho e formato e o tamanho do furo também é irregular (tinham miçangas que eu nem conseguia passar a agulha). Mas dá para trabalhar com elas, eu cheguei a fazer um colar em crochê tubular e algumas pulseiras em peyote. Eu levava um bom tempo selecionando as miçangas mais uniformes, mas pelo menos o trabalho ficava melhor no final. Hoje em dia eu não as utilizo mais porque como eu crio tutoriais aqui para o blog, eu preciso ter um pouco mais de precisão no tamanho das miçangas para que vocês possam reproduzir os tutoriais em casa.

Bem isso é tudo o que tenho para falar sobre as seed beads redondas. Se você tiver alguma dúvida ou algo a acrescentar ao artigo, compartilhe sua idéia na seção de comentários abaixo. Continuarei o artigo no próximo post, onde falarei sobre as miçangas cilíndricas (as famosas miçangas delica e suas concorrentes).

E para inspirá-los, deixarei aqui alguns exemplos de trabalhos utilizando apenas seed beads redondas. A primeira foto é uma pulseira em ponto rede (netting) que fiz utilizando miçangas checas (vocês encontram o tutorial aqui no blog) e as outras fotos são trabalhos de artesãs super talentosas que eu admiro:


Crédito: peetjes.canalblog.com

Crédito: JacarandaDesigns

Crédito: Rynya (biser.info)

Crédito: artful home 

Crédito: Aramara (etsy)

Um comentário:

  1. Olá Larissa! Onde vc compra as suas miçangas miyuki delica? Qual site vc indica? Adorei o post! Um abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...