terça-feira, agosto 23, 2016

Colar Lace Chain

Outra peça do livro Netted Beadwork escrito por Diane Fitzgerald (leia a análise completa AQUI). 


O colar é bem simples. Você trabalha em ponto rede até atingir o comprimento desejado. O comprimento vai depender de como você vai usar o colar. No meu caso, o estilo que escolhi foi esse:

Photo Credit: shopthebangle.com

Então eu fiz o meu colar medindo 1.34 metros. Para fazer a parte em ponto rede, eu utilize a linha C-lon tamanho D e 40 gramas de miçangas checas tamanho 11/0.


O livro não ensina como terminar o colar ou como adicionar qualquer enfeite. Eu terminei o meu adicionando um laço simples de 9 miçangas em cada ponta. Também criei algumas franjas bem simples com seed beads tamanho 8/0 e 11/0, cristais de 8mm e cascalhos de quartzo rosa.



quinta-feira, agosto 11, 2016

Escolhendo Cores e Miçangas para um Projeto

Um mês atrás, enquanto estava criando a Pulseira Ondas para o desafio, eu encontrei um vídeo (em inglês) do canal Beaded Jewelry Diva ensinando como fazer uma "bead soup" (tradução livre: sopa de miçangas):


O vídeo me ajudou muito durante o processo de escolha das cores que usaria na pulseira. Eu não tinha certeza de quanto de cada cor eu deveria usar para criar um balanço e eu estava enfileirando diferentes cores na agulha para ver se gostava do resultado.

Eu também não tinha certeza se queria usar alguns tons de azul e verde que eu tinha escolhido no início. Então, quando eu vi o vídeo, gostei muito da idéia de misturar miçangas de cores/tipos/tamanhos diferentes em um montinho até você obter uma mistura que te agrade. E foi o que decidi fazer.

Primeiro eu misturei apenas as miçangas na cor azul. Eu tentei várias vezes, adicionando e removendo diferentes tons de azul, até que consegui esse:


Satisfeita com os azuis, comecei a adicionar as miçangas verdes:



E finalmente consegui uma mistura que eu gostasse. A minha foi bem mais simples que a mostrada no vídeo porque eu estava limitada pela paleta de cores escolhida para o desafio (veja AQUI).

Esse processo é bem simples e é ótimo para trabalhos no estilo livre (freeform). Tudo que você precisa é escolher uma paleta de cores que queira usar (por exemplo, azul/verde, rosa/pêssego/violeta, etc), escolher as miçangas que você tem nas cores mais próximas do que você quer e pegar um pouco de cada (pode ser em quantidades diferentes) e ir misturando. Eu aconselho que você pegue pequenas quantidades de cada vez, porque se você não gostar do resultado, fica mais fácil separar as miçangas novamente.

quarta-feira, agosto 03, 2016

terça-feira, agosto 02, 2016

Pulseira Ondas / Resultado Desafio

Aqui está o que eu fiz para o desafio:


Eu utilizei quase todas as miçangas que mostrei a vocês AQUI no mês passado. Eu apenas mudei as cores de três miçangas azuis e removi algumas verdes.

Essa foi a primeira vez em que eu estive mais focada na cor que eu iria usar do que no desenho em si. Normalmente, quando estou criando um novo design, eu não presto muita atenção nas cores. Eu só vou pensar nisso quando já tenho o design pronto. Mas fiquei muito feliz com o resultado desse processo de criação diferente. Irei utilizá-lo mais vezes de agora em diante!


Depois que filmei o vídeo, eu fiz uma outra pulseira com alguns cascalhos azuis que tinha (já deu pra ver que é difícil eu fazer uma peça sem uma opção com miçangas na cor preta né? adoro!):


Eu usei três técnicas diferentes para fazer as pulseiras: ponto escadinha, ponto tijolinho (com aumentos e diminuições) e ponto rede duplo. A receita em si não é difícil de fazer, mas eu não sei se ficou muito claro no vídeo a parte em que faço o ponto rede duplo (por causa das miçangas em diferentes tamanhos e cores). Então eu vou recomendar esse tutorial para quem já tem um pouco mais de experiência, principalmente com o ponto rede.

A lista de materiais que usei na pulseira azul/verde:
- Miçanga Toho hexagonal, tamanho 8/0, cor: metallic dark navy iris (#88); loja
- Miçanga Toho, tamanho 8/0, cor: metallic dark navy iris (#88); loja
- Miçanga Toho, tamanho 8/0, cor: capri-lined crystal luster (#188); loja
- Miçanga Toho, tamanho 11/0, cor: metallic dark navy iris (#88); store
- Miçanga Japonesa, tamanho 11/0, cor: light blue metallic lined crystal clear; 
- Miçanga Toho, tamanho 11/0, cor: topaz inside color lined green (#393); loja
- Miçanga Toho, tamanho 11/0, cor: transparent matte lime green AB (#164F); loja
- Cascalho Quartzite, tamanho médio, cor: verde; loja local Michaels
- Linha Fireline 8lb, 0.18 mm, cor: preto;
- Fecho magnético, 12x8mm, cor: prata;

Pulseira preto/azul:
- Miçanga Toho hexagonal, tamanho 8/0, color: opaque black (#49); loja
- Miçanga Dyna-Mites, tamanho 8/0, color: opaque black; loja
- Miçanga Miyuki, tamanho 11/0, color: capri blue silver lined (#25); loja
- Miçanga Miyuki, tamanho 11/0, color: duracoat galvanized silver (#D4201); loja
- Miçanga Dyna-Mites, tamanho 11/0, color: opaque black; loja
- Cascalho howlite, tamanho médio, cor: azul; loja
- Linha C-lon, tamanho D, cor: preto;
- Fecho magnético, 12x8mm, cor: prata;



Vejam o que os outros participantes fizeram para o desafio:


Assista o passo a passo em português AQUI.

segunda-feira, julho 04, 2016

Pulseira Aviador

Hoje eu trago para vocês um novo passo a passo: uma pulseira feita com miçangas rizo, pellets e seed beads tamanhos 11/0 e 15/0.



A pulseira é super fácil de fazer (como a maioria dos meus tutoriais)! E o que eu mais gostei nesse design em particular, é a facilidade que ele oferece para brincarmos com diferentes cores.




Eu normalmente gosto de sair da minha zona de conforto e tentar combinações de cores que não estou acostumada. E como é verão aqui onde moro, eu quis fazer as pulseiras em cores mais alegres e vibrantes. Mas não pude resistir e acabei fazendo uma no tradicional preto/prata, que eu adoro!

Para fazer essas pulseiras, é muito importante manter a tensão da linha apertada enquanto estiver adicionando as miçangas rizo. E por causa da tensão, é necessário usar uma linha bem forte como a Fireline.


Aqui está a lista de materiais que utilizei e o link das lojas onde os comprei:

Pulseira rosa
- Miçangas Rizo, 2.5x6mm, cor: lilac luster; loja
- Miçangas Pellet, 4x6mm,  cor: chalk white marbled purple; loja
- Miçangas Toho, tamanho 11/0, cor: matte opaque soft lilac (#765); loja
- Miçangas Toho, tamanho 15/0, cor: ceylon lilac (#151); loja
- Linha Fireline, 0.18mm diâmetro, branco;
- Fecho magnético, 12x8mm, cor: cobre antigo;


Pulseira preta
- Miçangas Rizo, 2.5x6mm, cor: jet chrome; loja
- Miçangas Pellet, 4x6mm,  cor: chrome full; loja
- Miçangas Toho, tamanho 11/0, cor: nickel plated (711); loja
- Miçangas Toho, tamanho 15/0, cor: silver lined gray (29B); loja
- Linha Fireline, 0.18mm diâmetro, cor: preto;
- Fecho magnético, 8x12mm, cor: chumbo;

Pulseira verde/laranja
- Miçangas Rizo, 2.5x6mm, cor: peridot capri gold; loja
- Miçangas Pellet, 4x6mm,  cor: alabaster pastel lime; loja
- Miçangas Toho, size 11/0, cor: não tenho informação;
- Miçangas Toho, size 15/0, cor: não tenho informação;
- Linha Fireline, 0.18mm diâmetro, cor: branco;
- Fecho magnético, 12x7mm, cor: dourado antigo;


Assista o passo a passo em português AQUI.

quarta-feira, junho 22, 2016

Participando de um desafio

Eu nunca participei de um desafio de beadwork antes, então fiquei super feliz quando Odin me convidou para fazer parte de um com ela, JRPDesigns e RubyLockwood. O desafio consiste em criar uma peça (original ou não) utilizando uma das duas paletas abaixo (com o tema verão):



Essas foras as duas paletas mais votadas (foi um empate). Ambas representam um grande desafio para mim porque eu nunca utiilzei essas cores juntas, ainda mais para fazer uma peça baseada no verão. Minha primeira escolha foi a segunda paleta, mas como não tinha as miçangas necessárias nessas cores, tive que ficar com a primeira.need in these colors. So I had to pick up the first palette.

E baseando-me na primeira paleta, aqui estão as miçangas que escolhi:



Para coincidir com o azul mais escuro, escolhi essas miçangas abaixo (ainda não sei se irei utilizar todas ou só uma delas):


As miçangas abaixo correspondem ao segundo azul (não estou certa se eles coincidem exatamente com o segundo azul na foto, mas é o mais perto que consegui):


A tercerira cor (um azul bem clarinho, cor de água):


E os verdes. Tirando os cascalhos, eu ainda não sei quais das cinco miçangas irei utilizar.


E então, o que acharam da minha escolha? Estou ansiosa para ver o que conseguirei fazer com essas miçangas. Daqui a um mês mostrarei o resultado a vocês.

Enquanto isso, vejam as miçangas que as outras participantes escolheram:

Odin's Musings
JRPDesings
Ruby Lockwood: como ela ainda não escolheu, coloquei o link para a página principal do canal.

terça-feira, junho 21, 2016

Livro: The Beaded Sphere and Variations

A artista Judy Walker está dando gratuitamente uma cópia autografada do seu livro "The Beaded Sphere and Variations". Já faz um tempo que ela anunciou essa doação, mas só fiquei sabendo na semana passada. O melhor é que ela envia para o mundo inteiro! Clique AQUI para visitar a página onde ela explica tudo o que você tem que fazer para pedir a sua cópia. Você só precisará pagar o envio.

Aqui está o livro que recebi. Estou maravilhada com todas as coisas lindas que ela ensina (tudo utilizando a técnica peyote com miçangas delica). Quando eu terminar de ler o livro farei uma análise mais detalhada aqui no blog.



Quando mandei o email para ela pedindo uma cópia do livro, ela me disse que agora só tem poucos livros restantes. Então se apressem para pedir o seu!

terça-feira, maio 10, 2016

Diamond Earrings - Segunda versão

Outra versão que fiz do brinco "diamond earrings" desenhado por Julia Gerlach. A receita está na revista Beadwork de fevereiro/2016. Você pode ver a primeira versão que fiz do brinco AQUI.



Os materiais que utilizei:

- Canutilhos japoneses (bugle beads), 6mm, cor: creamed coffee; loja
- Canutilhos japoneses (bugle beads), 6mm, cor: metallic bronze; loja
- Miçangas redondas Toho, tamanho 8/0, cor: gold lustered green tea (código: 457); loja
- Miçangas redondas Toho, tamanho 11/0, cor: higher metallic plum iris (código: 509); loja
- Linha Fireline, 0.18mm diâmetro, cor: branco;

Eu escolhi a linha na cor branca porque eu pensei que ela iria deixar a cor das miçangas verde transparente mais rica. Funcionou, porém o lado ruim é que a linha ficou muito visível na base e no topo do brinco. Eu acho que a linha preta disfarçaria bem mais. O que vocês acham?

quinta-feira, maio 05, 2016

Análise: Livro Netted Beadwork

Quando eu decidi que queria me aprofundar mais no ponto rede (netting), eu fiz uma pesquisa por livros especializados. Vocês sabem, mesmo com a tonelada de tutoriais em ponto rede que encontramos na internet, eu acredito que nada supera um bom livro.

Entretanto não consegui encontrar muitos livros especializados. Na verdade encontrei apenas três (todos em inglês): Netted beadwork escrito por Diane Fitzgerald - que é o que falarei aqui no post -, Bead Net por Heather Kingsley-Heath e Mastering beadwork por Carol Hurber Cypher (esse último ensina não apenas o ponto rede, mas muitas outras técnicas).

Para começar, eu escolhi o livro Netted Beadwork escrito por Diane Fitzgerald. Eu comprei um usado na amazon porque não consegui encontrar nenhuma loja vendendo o livro. Você pode ver AQUI a lista de várias pessoas vendendo esse livro (usado) na amazon. Eu escolhi um com a descrição "used - very good condition" (tradução: usado - condição muito boa).


De fato, o livro que recebi estava em boas condições. A parte superior da direita estava um pouco amassada, mas eu acredito que foi devido à entrega porque meu pacote chegou todo amassado e molhado (estava chovendo muito no dia). E os adesivos fui eu que coloquei para marcar as páginas dos projetos que estou mais interessada.

O livro começa com um capítulo explicando como o ponto rede é uma técnica muito antiga. Ele mostra como a técnica vem sendo usada ao longo do tempo por diferentes culturas como a China, India, Africa do Sul, alguns países da Europa e Egito. A autora tem uma coleção impressionante de peças antigas em ponto rede e ela compartilha essa coleção no livro. Infelizmente as fotos são pequena e você não consegue ver tão bem os detalhes das peças.

O livro traz também 18 projetos utilizando exclusivamente o ponto rede (plano, circular e tubular). Eu fiquei facinada pelo tanto de coisas diferentes que você pode fazer utilizando apenas essa técnica. Não fazia idéia que esse ponto poderia ser tão versátil.


Eu achei os projetos bastante inspiradores. E uma vez que você compreende como fazer o ponto rede, você descobrirá que os projetos não são difíceis de fazer. Porém eu achei alguns um pouco difícil de entender. Teve um mesmo chamado "Rose on Netted base" que eu não sei dizer se consegui faze-lo corretamente. Eu não entendi bem as instruções e a foto da peça pronta não ajudou tampouco. Seria bom se o livro tivesse mais diagrams explicando os passos dos projetos.

Agora vou mostrar a vocês os projetos que consegui fazer com êxito. O primeiro é chamdo "pom-pom flower" (flor pom-pom). As fotos abaixo mostram a parte da frente e a de trás das flores:



A próxima foto é uma netted bead. Eu usei miçangas Toho tamanho 11/0 em volta de uma miçanga de madeira de 14mm de diâmetro.


Pulseira em ponto rede dupla (double netting bracelet):



Eu gostei de fazer a pulseira em ponto rede dupla. Na segunda versão, eu tentei fazê-la de forma que fosse possível usá-la tanto com o lado azul para cima quanto com o lado na cor chumbo.



Porém, como vocês devem ter notado, não é possível usar a pulseira nos dois lados. Isso porque eu cometi um erro quando prendi a parte em T do fecho no lado de cima da pulseira. Agora só posso usá-la com o lado na cor de chumbo virado para cima.


Existem outros projetos no livro que eu ainda quero fazer. Agora estou trabalho em um colar chamado Lacy Chain. Eu postarei uma foto dele aqui no blog quando terminar.

No geral, eu recomendo o livro para quem é novo no ponto rede, mas que já tem alguma experiência trabalhando com miçangas. As instruções do livro não são tão fáceis de entender e algumas fotos e diagramas não estão alinhados com as intruções. Mas para mim o livro valeu muito a pena por toda a inspiração que ele me deu. Espero criar muitos tutoriais com essa técnica para vocês. :)

terça-feira, abril 12, 2016

Anel Peyote com Correntes

Oi pessoal! Tem tutorial novo no meu canal no Youtube: um anel em peyote com correntes em volta.


Na primeira vez que fiz esse anel, eu fiz só a tira em peyote. Isso foi em fevereiro, na época do dias dos namorados aqui nos US, quando o meu pinterest foi inundado por imagens de anéis em peyote com esse tema. Mas duas semanas atrás eu decidi fazer algo diferente com o anel. Eu adicionei as correntes e adorei o resultado. Aí acabei fazendo mais anéis e esse tutorial para vocês.

O anel é super simples, principalmente se você já estiver familiarizado com a técnica peyote. A parte de prender a corrente é que pode ser um pouco mais difícil se você não prestar atenção. É importante que quando você estiver medindo a corrente em volta do anel, não deixe a corrente muito apertada nem muito folgada. E é muito importante que quando você estiver ligando as duas pontas da corrente para formar o anel, você não deixe ela torcer. Caso isso aconteça, a corrente não vai ficar certinha em volta do anel e você terá problemas no final, na hora de prendê-la.


Eu utilizei um programa chamado EasyBeadPatterns para criar o desenho na frente do anel. O programa é gratuito e você pode criar desenhos diferentes no anel se quiser.

Se você conhece a técnica peyote e é bom com diagramas, você não precisa assistir o vídeo inteiro, basta seguir o diagrama abaixo para criar a tira em peyote, aí depois você volta ao vídeo para ver como prender a corrente. Me desculpem por a imagem ser pequena, mas o programa não permite imprimir imagens maiores do diagrama.


E aqui está a sequência de cores que você deverá seguir para cada carreira:

Carreira 1: B, A, A, A, A, B.
Carreira 2: B, A, A, A, B.
Carreira 3: B, A, A, A, A, B.
Carreira 4: B, A, A, A, B.
Carreira 5: B, A, A, A, A, B.
Carreira 6: B, A, A, A, B.
Carreira 7: B, A, A, A, A, B.
Carreira 8: B, A, A, A, B.
Carreira 9: B, A, A, A, A, B.
Carreira 10: B, A, A, A, B.
Carreira 11: B, A, A, A, A, B.
Carreira 12: B, A, A, A, B.
Carreira 13: B, A, A, A, A, B.
Carreira 14: B, B, A, B, B.
Carreira 15: B, A, B, B, A, B.
Carreira 16: B, A, B, A, B.
Carreira 17: B, A, A, A, A, B.
Carreira 18: B, B, A, B, B.
Carreira 19: B, A, B, B, A, B.
Carreira 20: B, A, B, A, B.
Carreira 21: B, A, A, A, A, B.
Carreira 22: B, A, A, A, B.
Carreira 23: B, A, A, A, A, B.
Carreira 24: B, A, A, A, B.
Carreira 25: B, A, A, B, A, B.
Carreira 26: B, B, B, A, B.
Carreira 27: B, A, B, B, A, B.
Carreira 28: B, A, B, B, B.
Carreira 29: B, A, B, B, A, B.
Carreira 30: B, B, B, A, B.
Carreira 31: B, A, A, B, A, B.
Carreira 32: B, A, A, A, B.
Carreira 33: B, A, A, A, A, B.
Carreira 34: B, A, A, A ,B.
Carreira 35: B, A, A, A, A, B.
Carreira 36: B, A, B, A, B.
Carreira 37: B, A, B, B, A, B.
Carreira 38: B, B, A, B, B.
Carreira 39: B, A, A, A, A, B.
Carreira 40: B, A, B, A, B.
Carreira 41: B, A, B, B, A, B.
Carreira 42: B, B, A, B, B.
Carreira 43: B, A, A, A, A, B.
Carreira 44: B, A, A, A, B.
Carreira 45 - até o final: repita as carreira 43 e 44. Sempre termine em uma carreira de número par (como a 44).


Os materiais que utilizei e o endereço dos sites onde comprei:

Anel preto/cinza:
- Delica beads, tamanho 11/0, cor: opaque black (DB0010); loja
- Delica beads, tamanho 11/0, cor: opaque grey (DB0731); loja
- Linha monofilamento (linha de pesca), 0.18 mm diametro, transparente;  
- Corrente, 3x2mm; loja

Anel rosa/creme:
- Delica beads, tamanho 11/0, cor: opaque white luster (DB1530); loja
- Delica beads, tamanho 11/0, cor: ceylon color lined blush (DB0256); loja
- Linha monofilamento (linha de pesca), 0.18 mm diametro, transparente;  
- Corrente, 3x2mm; loja

Anel azul/branco:
- Delica bead, tamanho 11/0, cor: opaque white (DB0200); loja
- Delica bead, tamanho 11/0, cor: opaque luster sky blue (DB0215); loja
- Linha monofilamento (linha de pesca), 0.18 mm diametro, transparente;  
- Corrente, 3x2mm; loja

Assita o tutorial AQUI.

terça-feira, março 15, 2016

Análise de Receita: Diamond Earrings

Oi pessoal! Me esqueci de mostrar a vocês um par de brincos que fiz duas semanas atrás. Ele foi desenhado por Julia Gerlach e a receita foi publicada na revista Beadwork, fevereiro 2016, com o título "Diamond Earrings".


Os brincos não são difíeis de fazer, mas eu achei um pouco complicado no início porque eu não tinha certeza de como ele iria tomar forma. Eu cometi alguns erros: na minha primeira tentativa eu inverti e fiz a parede exterior na parte de dentro. E também não usei a tensão da linha apertada, então brinco ficou um pouco instável e mole.

Mas depois que consegui fazer o primeiro brinco corretamente, o segundo par foi bem rápido. Tanto que acabei fazendo outro par de brincos na cor bronze, mas estou esperando chegar os alfinetes de cabeça chata na cor cobre antigo para poder terminá-los.


Aqui está a lista dos materiais que utilizei:

- Canutilhos "Miyuki twisted bugle bead", tamanho: 6mm, cor: matte crystal AB (250F); store
- Canutilhos japoneses, tamanho: 6mm, cor: silver lined transparent gray; store
- Toho seed beads, tamanho: 8/0, cor: powder blue-lined caribbean blue (285); store
- Toho seed beads, tamanho: 11/0, cor: silver-lined frosted gray (29BF); store
- Linha One G, cor: branco; store

PS - Pessoal, quando vocês me mandarem email, prestem atenção se a minha resposta não foi parar na lixeira ou na caixa de spam do email de vocês. Eu posso demorar alguns dias, mas sempre respondo todos os emails que vocês me mandam. :)

quarta-feira, março 02, 2016

Dica: Caixas de Presente Para Organizar Projetos em Andamento

Como vocês guardam os trabalhos em andamento? Quem trabalha com miçangas sabe que é importante ter um lugar para trabalhar que tenha alguma borda para impedir que as miçangas saiam rolando até o chão.

Outro dia eu encontrei algumas caixas de presente em uma loja de artesanato local e pensei que elas seriam ótimas para criar um espaço móvel de trabalho.



Eu coloquei um tecido dentro da caixa - ele é chamado de "beading mat", uma espécie de tapetinho que ajuda a prevenir as miçangas de deslizarem. Mas vocês podem utilizar qualquer tipo de tecido.

Na caixa grande abaixo eu customizei criando uma seção separada para manter os materiais extras.


A parte boa dessas caixas é que você pode usar várias para separar diversos projetos em andamento. E como elas tem tampa, seu trabalho fica protegido de poeira e pêlos (quem tem animais em casa vai entender).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...