quarta-feira, agosto 28, 2013

Série Iniciante: Materiais básicos

Existe uma infinidade de ferramentas e materiais utilizados na confecção de jóias.Além das linhas, agulhas e miçangas, cada técnica que você escolher para desenvolver uma peça irá requerer ferramentas específicas. Falarei aqui brevemente sobre as ferramentas que considero essenciais para o seu aprendizado em bordado com miçangas.

Tesouras: o ideal é que você possa ter uma tesoura afiada e de ponta fina, que te permita cortar a linha o mais próximo possível do seu trabalho, a fim de evitar que fiquem pontas de linha a mostra.




Régua ou fita métrica: durante a confecção de uma bijuteria, você precisa medir constantemente o tamanho da linha que vai utilizar para não desperdiça-la, medir o tamanho da sua peça, etc.



Cola: as colas são requeridas em trabalhos com colagem como embroidey e soutache, por exemplo. Em trabalhos onde são utilizadas linhas de silicone, você também pode ter a necessidade de aplicar um pouco de cola nos nós para evitar que eles se desfaçam. As colas para esses trabalhos precisam ser fortes e não ter substâncias que possam corroer ou alterar a cor das miçangas e contas. Algumas das colas mais utilizadas são: E-6000, Epoxy 220, G-S Hypo Fabric Cement, Jewel Bond e PascoFix Instant.





Condicionadores de linha: São substâncias utilizadas para revestir as linhas, tornando-as menos provável a torcerem, desfiar, ou emaranhar durante o uso. Essas substâncias podem ser natural como as de cera de abelha (em inglês: beeswax), ou sintéticas como Microcrystaline Wax e a Thread Heaven.




Beading Mat: é um pedaço de tecido utilizado para manter as miçangas no lugar enquanto você trabalha, impedindo elas de rolarem sobre a mesa ou no colo. Os beading mats são feitos de tecidos muito macio e grosso, geralmente com um toque aveludado. Eles estão disponíveis em uma variedade de tamanhos e cores, e possuem geralmente um baixo custo.





Alicates: existem diversos tipos de alicate, cada um com um objetivo diferente. Citarei aqui os tipos mais comuns:

Alicate de pontas chatas: serve para abrir e fechar argolas, auxiliar em alguns procedimentos, segurando os elementos para montagem de bijuteria. As imagens a seguir mostram algumas variações desse tipo de alicate.





Alicate de ponta redonda: serve para fazer elos de metal ou efeitos arredondados.



Alicate de friso: serve para fazer terminais com pequenos tubos de metal. O alicate esmaga o tubo de uma forma específica, segurando o fio de aço, ou arame metálico.



Alicate com pontas de nylon: serve para esticar o fio metálico, retirando os vincos e irregularidades. Também serve para fazer espirais, e outras formas sem machucar e marcar o fio ou arame.



Alicate de corte: tem a funcionalidade de cortar o arame. Normalmente os alicates de corte possuem uma descrição informando o os tipos de arame para os quais são indicados. Arames muito grossos e duros requerem alicates mais duros, específicos.




Um comentário:

  1. Ola Larissa, voce poderia me dizer onde encontro o alicate com ponta de nylon para comprar. Faz muito tempo que procuro para comprar mas está dificil. Se puder me ajudar eu agradeço desde já. Abraços!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...